Cartilha
Exibindo a Data por Extenso

Maringá,

Visitante Nº contador de acesso   

Cartilha AMACUCI

(www.amacuci.org.br)

 

A AMACUCIASSOCIAÇÃO MARINGAENSE DOS AMIGOS DA CULTURA E CIDADANIA, no uso das atribuições que lhe conferem o Estatuto Social e o Regimento Interno, elaborou a presente Cartilha visando estabelecer padrões de comportamento que produzam e desenvolvam o senso de Cidadania e Cultura no interessado, principalmente aqueles que são Associados da entidade. Através do site (Portal da AMACUCI), aceita-se quaisquer contribuições que possa incrementar o presente Diploma.

 

Respeite as Leis

Algumas pessoas, simplesmente, desconhecem as leis. Isto não é privilégio de ninguém, pois, muitas são as leis de nosso país. Mas, quando você conhecer uma lei, ou um ditame legal, como, por exemplo, “proibição de avançar o farol vermelho de trânsito”, respeite a lei e, se tiver oportunidade, faça com que a mesma seja respeitada. Se você achar que a lei é injusta, comunique à AMACUCI, através do Portal e, na medida do possível, a entidade fará um esforço para que haja ação legislativa buscando adequar a legislação em tela.

 

Respeite as Leis de Trânsito

A cidade precisa de tranquilidade. Ao respeitar as leis de trânsito, você proporciona o crescimento moral e de cidadania. O desrespeito às leis de trânsito, além de proporcionar a oportunidade para o acidente, causa irresignação no seu semelhante e torna a cidade mais agressiva. Seja gentil e faça sua parte nesta conduta.

 

Dê a preferência

Uma das práticas mais fáceis de induzir a população à Cidadania e colaborar com a tranquilidade da Cidade é ser gentil no trânsito, dando a preferência. Quando isto acontece, você cria um ânimo de satisfação que reverbera em Cidadania, fazendo com que o próximo se interesse por fazer o mesmo. O beneficiário desta atitude ficará eternamente agradecido e vai, com certeza, praticá-la. Experimente!

 

Use a direção defensiva

O trânsito tem se tornado um grande provocador de atitudes indesejáveis. Sem contar os acidentes, podemos enumerar diversas circunstâncias que nos levam à insatisfação e ao perigo no trânsito. Neste sentido, os pedestres e os veículos menores (bicicletas, motocicletas, automóveis, nesta ordem) são os mais vulneráveis e devem receber atenção dos veículos maiores na cadeia sucessiva de veículos. Por isto, a direção defensiva é uma atitude daquelas mais necessárias nos momentos atuais. Portanto, seja defensivo. Dirija pensando no próximo, isto é, tentando proteger o próximo, o veículo que pode passar ou cruzar com você. E se for menor do que o seu (ordem de tamanho), então, imprescindível que você esteja atento para não causar acidentes. E o pedestre é o mais vulnerável nesta cadeia, depois a bicicleta e assim por diante..

 

Seja gentil

A gentileza é uma virtude impressionante. Quando se pratica gentileza, gera-se bondade. Uma pessoa que recebe gentileza, certamente, retribuirá a outrem e, logo, logo, essa prática se espalhará e se tornará cultural. Enverede por este caminho e verá como você receberá os benefícios de volta.

 

Pratique voluntariado

Uma das maiores dificuldades para uma Cidade praticar “cultura” e “cidadania” é a falta de recursos financeiros. A saída é o voluntariado. Portanto, pratique o voluntariado e ajudará a crescer o sentimento de participação e inclusão. Além disto, o trabalho voluntário conta muito como ponto positivo do seu currículo. Experimente!

 

Visite os parentes e amigos

A maioria das pessoas tem um parente na mesma cidade e, às vezes, demora muito tempo para fazer uma visita de cortesia. Muitos só visitam os parentes quando precisam deles para alguma coisa. Seja cidadão, seja cidadã. Faça uma visita ao seu parente que há tempos não vê. Sinta a alegria dele ou dela. Ela fará um alarde disto e dirá a todos que foi visitada, demonstrando alegria e sentimento de consideração.

 

Cumpra seus compromissos

Algumas pessoas, simplesmente, não cumprem seus compromissos. Isto é muito ruim, porque o mundo vai se tornando cada vez menos importante e as pessoas vão enxergando em você uma pessoa sem consideração ou sem respeito. Passar por dificuldades (até financeira) é uma coisa, mas, deixar de cumprir a obrigação que assumiu, sem justificativa é imoral. Evite este comportamento.

 

Seja pontual – Dê retorno

A Inglaterra é conhecida por possuir um povo muito pontual. O símbolo dessa qualidade é um relógio: o Big Bem. O Brasileiro é conhecido como uma pessoal que não atende à pontualidade. Faça a diferença e compareça aos compromissos no horário marcado. Pense em por em prática a lei dos 15 minutos, ao contrário. Sim! É comum pensarmos que “todo compromisso precisa começar com 15 minutos de atraso”, pois, alguém pode chegar e perder o início. Pense no contrário. Vamos fazer o condutor do evento sentir que está atrasado porque 15 minutos antes da hora, todo mundo já está presente. Este é o trato. É só uma questão de prática. Agora, quando não puder comparecer, dê um retorno. Telefone ou envie uma mensagem que possa deixar a outra pessoa tranquila, informando que você não vai comparecer. A angústia de quem espera é terrível, principalmente em circunstâncias que possam trazer pesar ou sofrimento. E se for o responsável pelo evento, comece no horário marcado. Isto fará com que os próximos sejam atendidos no horário. E, se não puder comparecer, dê o retorno. Pratique a virtude do retorno.

 

Não critique sem fundamentos

É muito comum acharmos que as pessoas ou instituições estão erradas. E, a partir daí, transformar essa opinião ou entendimento em crítica. Mas, a crítica nem sempre é ruim. Aliás, é admissível, desde que seja fundamentada. Porém, se você faz uma crítica sem fundamentos pode estar gerando uma “fofoca”, uma ilação ou coisa do gênero. É importante que qualquer crítica que você emita esteja embasada em fundamentos. Aliás, neste sentido, o Nosso Mestre, Jesus Cristo, já nos ensinou: “atire a primeira pedra aquele que nunca pecou!” Pense nisto!

 

Pratique esportes

Você não imagina o bem que faz a prática de esportes. Mas, se você é daqueles que não tem tempo para ir a uma academia ou a um clube, frequentar uma quadra de futsal, ou tênis, ou mesmo pegar uma piscina, pense na possibilidade de fazer caminhadas. A caminhada pode ser feita diariamente, em cerca de 30 minutos por dia, ou três vezes por semana. Essa não há desculpa, se não puder pela manhã, pratique à tarde no retorno do trabalho. E se você se sentir apto a praticar um esforço maior, pode praticar a corrida. A corrida é um bom esporte porque você não depende de ninguém, mas, exclusivamente de você. Então, pratique!!!

 

Alimente-se adequadamente

O alimento é sagrado. Mas, deve ser consumido adequadamente, isto é, você não pode comer de mais ou de menos. Encontre o limite correto e o alimento certo. Em se tratando de comida, não existe o “vilão” ou o “herói”. Qualquer comida pode fazer o bem, se for usada de forma ideal. E, também, qualquer comida pode fazer mal, se utilizada de forma adequada. Portanto, o segredo é procurar a forma ideal de se alimentar. O Médico Nutricionista é o mais indicado para se saber o que exatamente comer. Mas, se não tiver condições de ir ao nutricionista, converse com qualquer médico e faça os exames de saúde que puder regularmente.

 

Vote segundo sua opinião

A maioria dos Vereadores, Prefeitos, Deputados Estaduais, Governadores, Deputados Federais, Senadores e até Presidentes da República, muitas vezes é eleita como consequência de indicações de amigos, familiares e, até, de artistas, padres, pastores e outras pessoas influentes da sociedade. A AMACUCI recomenda que você procure conhecer os candidatos. Mas, acima de tudo, não acredite nunca naquela expressão “o menos pior”. Verifique pela Internet, Portais da Transparência e outras fontes, o que o seu candidato preferido tem feito pelo país e, se continuar em dúvida, vá até a Justiça Eleitoral e tire suas dúvidas. Mas, nunca, em hipótese alguma, vote com base na opinião alheia.

 

Recicle o lixo

O futuro do Planeta Terra depende de como nós trataremos o lixo que produzimos. No Japão, já existe uma gama de Usinas de reciclagem de lixo, separando o lixo bom do lixo ruim e produzindo diversas oportunidades de aproveitamento do lixo. Apesar de ainda estarmos no início do aprendizado de como tratar o nosso lixo, é importante reciclar ou participar do programa de reciclagem do lixo, mesmo que ainda não seja suficiente para salvar o planeta. Faça isto como o exercício de cidadania: recicle e participe do plano de reciclagem do lixo. O mundo só será sustentável quando entrarmos uma maneira de “zerar” os efeitos negativos que a humanidade causa ao planeta. Não é à toa que os cientistas buscam uma maneira de habitar Marte com humanos, fugindo da Terra. Mas, essa realidade está tão longe de acontecer que precisamos nos prepararmos para o longo caminho que temos a percorrer. E, certamente, a reciclagem do lixo é um dos primeiros passos da humanidade para tornar o nosso planeta habitável e sustentável, até que possamos fugir dele, ou não necessitemos fazer isto.

 

Participe das atividades de sua comunidade

Muitas vezes, reclamamos de coisas erradas em nossa comunidade, nosso bairro, nossa cidade, no país e até no mundo. Mas, pense: quantas vezes nós paramos para pensar no que estamos fazendo para mudar tudo isso que está errado? Se você participar das atividades de sua comunidade, das reuniões do clube do bairro, da associação do bairro, dos mutirões, enfim, se você se interessar pelos problemas locais, talvez, em breve tempo não haverá mais problemas com que se preocupar. Portanto, participe das atividades de sua comunidade. Quando o povo for convocado para qualquer atividade, esteja lá, seja para que tipo de trabalho for. Sua participação pode ser a mais importante de todas. Vamos nessa! E, se precisar, peça ajuda da AMACUCI através de nosso site.

 

Faça sua parte

Às vezes, o problema nem é a vontade de fazer alguma coisa. Pode ser que o problema seja o seguinte: “você é só um” e, portanto, não adianta fazer nada, porque aquilo que você faz não é suficiente para mudar o mundo. Aqui, a AMACUCI incorpora uma ideia do “Betinho”:  “O beija-flor do Betinho”. Consta que uma ocasião havia um incêndio muito grande na floresta e um beija-flor foi visto pelo leão, fazendo diversas viagens do riacho ao foco de incêndio. Em cada viagem, o beija-flor enchia o bico de água e jogava no foco de inocência, repetidamente. O leão o indagou se ele acreditava que com aquele “biquinho” tão pequenininho ele estaria pensando que apagaria o incêndio de tanta proporção como aquele. O beija-flor, simplesmente, respondeu que não acreditava nisto, mas, asseverou que estava fazendo a SUA parte”. Assim devemos ser. Se cada um de nós fizer a sua parte, a somatória desse esforço poderá ser significativa para salvar o mundo. Por isto, seja qual for a sua habilidade: faça sua parte!

 

Interesse-se pelas soluções dos problemas

Muitas são as ocasiões em que nos deparamos com os mais diversos problemas. Algumas pessoas, simplesmente se debruçam nesses problemas e passam a viver em lamúrias e confrontações. Outras fogem dos problemas como se fosse a salvação. Mas, poucas enfrentam os problemas de forma correta. A melhor maneira de lidar com os problemas é buscar as soluções, se interessar pelas circunstâncias que acabam com os problemas e não com as lamúrias. O que já aconteceu é imutável. Temos que encontrar circunstâncias que anulem os efeitos dos problemas e não, ao revés, tentar esconder os fatos. Então, interesse-se pelas soluções dos problemas e isto já será de grande valia para sua participação na realização de um mundo sustentável.

 

Cultive amizades

A amizade é uma virtude muito especial. Trata-se de um sentimento que se tem por uma pessoa, sem qualquer interesse. Cultivar a amizade não é uma tarefa fácil, pois o amigo custa caro. Sabe por que? Porque um amigo custa horas e horas de “bate-papo”, custa uma viagem para visitá-lo, custa um telefonema, uma carta, um e-mail, uma mensagem por aplicativos, mas, sem dúvida nenhuma, custa o “desinteresse”. Quando você começa a cobrar do outro que ele não corresponde sua amizade, é porque você não tem amizade. A amizade pressupõe o desinteresse. A amizade é aquele sentimento que nos propulsiona a fazer alguma coisa pelo outro sem esperar que ele nos dê algo em troca. E isto não é fácil. Principalmente nos dias de hoje, em que tudo é muito caro. Uma viagem, um telefonema, um presente, enfim, qualquer coisa que façamos pelo amigo é muito dispendiosa para nós. Temos que largar tudo que fazemos para ir visitar o outro. Ah, mas, e as nossas coisas? E o trabalho? Enfim, não podemos interromper nossa vida por causa de amigos. Errado! Faça um esforço para desenvolver um ciclo de amizades e verá, no final da vida, o quanto isto é valioso. Cultive amizades.

 

Cultive plantas

A Natureza é, na sua grande parte, composta de plantas. Se você possui um quintal, cultive plantas. Se não possui, mora em apartamento, cultive em um vazo. À medida que você ganha interesse pelas plantas, suas energias se redobram, você se rejuvenesce. A impressão que se tem é que a cada planta que nasce e cresce, você também nasce e cresce. Experimente e verá o benefício que é ter uma planta que você pode dizer: “esta, fui eu quem a cultivou!”. A Internet está cheia de dicas de como plantar, cultivar, cuidar de diversos tipos de plantas. Você não faz ideia de como é muito bacana quando você come uma fruta de uma planta que você cultivou. É muito bacana. E tem plantas que não demoram muito tempo para te responder com frutos. Experimente!

 

Respeite as filas

Algumas pessoas, simplesmente, pensam que estão acima de todos. Que só elas tem a vez. Que as outras nasceram para esperar. Mas, elas, não. Elas precisam ser atendidas logo. Aliás, é por causa desse tipo de sentimento que temos tanta corrução cultivada em nosso país. Porque as pessoas entendem que elas têm prioridade de atendimento, inclusive no tocante à acumulação de riqueza e, então, se determinam a obter as coisas de qualquer maneira, mesmo que, para isto, tenham que “passar por cima das outras pessoas”. Mas, há coisas que s pessoas não querem passar na frente das outras. Por exemplo, você já viu ou conhece alguém que queira “furar a fila” para morrer primeiro? Ninguém. Ninguém quer furar essa fila, não é mesmo? Então, por que furar as outras filas? Respeite as filas e aguarde sua vez. Enquanto espera, pense: “não quero furar a fila para o mal, então, não quero furar a fila para o bem”.

 

Cuide da Água – Não desperdice

Um dos grandes problemas do mundo atual é o desperdiço de Água. Isto se agrava a cada dia, porque as pessoas, simplesmente, não se dão conta de que a água do planeta pode acabar. Isto porque já há algum tempo que se fala sobre a escassez de água, mas, na nossa torneira sempre tem água. Mas, quando falta água em casa por algum motivo a gente sente muito a falta dela, não? Então, experimente a sensação que tiver no dia que faltar água em sua casa e pense se isto acontecer todos os dias até o final de sua vida. O que seria? O caos? Não! A morte! A água não pode faltar em nossa vida, pois, sem ela, morremos. Podemos ficar sem qualquer coisa na nossa vida, mas, não sem água. Então, pense nisto, enquanto pode, porque quando a água acabar mesmo, não adiantará nada pensar na situação, porque não haverá solução. Não desperdice água. Veja na mídia as indicações de comportamentos que evitarão a escassez de água no futuro. Esta conduta, não é o planeta que agradece, mas, você mesmo, ou as gerações futuras.

 

Pratique a gratidão

Algumas pessoas não se dão conta de quantas coisas boas recebem de outras pessoas: uma indicação para emprego, um favor qualquer, ou mesmo, o dom da vida, que é dádiva de Deus. Então, se você não tiver lembrança de alguém a quem precisa agradecer, agradeça a Deus por estar vivo. Sempre que se encontrar em uma situação que deseja reclamar, escute a voz de Deus te dizendo: “não é melhor do que estar morto?” Então, se está vivo, mesmo que esteja sofrendo alguma complicação ou mal, é bom agradecer por estar vivo! Pratique a gratidão!